O e-book traz textos sobre os locais de trabalho dos renomados autores Jonathan Ames, Lee Child, Billy Collins, Jonathan Safran Foer, Roxane Gay, Aimee Mann, Gary Shteyngart entre outros, com capa de Chip Kidd.

Um e-book em letras formadas por clips de papel, dedicado aos leitores que acompanham as constantes mudanças dos seus locais de trabalho. O escritório pode ser em qualquer lugar, já que é nas mentes criativas que moram as ideias e soluções – e na nuvem estão guardados os arquivos importantes. Lançado hoje, o livro Speaking of Work: A Story of Love, Suspense and Paperclips (Falando de trabalho: uma história de amor, suspense e clips de papel, em tradução livre) retrata de forma inovadora e divertida, como é local de trabalho de cada um.

Criatividade e inovação não faltam às cabeças pensantes da Xerox, que lançou o desafio aos artistas americanos, escolhidos em parceria com o coletivo 92nd Street Y, para transformarem em texto, músicas e poemas. Com a pergunta “Para você, o que significa ir ao trabalho?”, cada um dos 14 renomados e premiados autores contribuiu com ficção, autobiografia ou poesia para o projeto. O e-book é gratuito e está disponível para download através do link www.SetThePageFree.com.

“Essas histórias acontecem nas esquinas, ruas, salas de aula, estacionamentos e bares. E por esse escritório virtual ser de escritores há muita nostalgia, saudade dos dias de cópias quentes e carpetes encardidos”, diz a autora best-seller do New York Times, Sloane Crosley, na introdução do livro.

A capa do livro foi assinada pelo designer Chip Kidd, que conta o conceito criativo de sua colaboração no link: See How the Iconic Paperclip Inspires Chip Kidd’s Latest Book Cover Design.

Entre os talentosos autores que colaboraram com o projeto estão:

  • Jonathan Ames, autor e roteirista, “You Were Never Really Here, Bored to Death”
  • Lee Child, autor, Jack Reacher thriller series
  • Billy Collins, poeta, The Rain in Portugal, Aimless Love
  • Jonathan Coulton, cantor e compositor, Solid State, Smoking Monkey
  • Sloane Crosley, autor e ensaista, The Clasp, I Was Told There’d be Cake
  • Joshua Ferris, autor, The Dinner Party and Other Stories, Then We Came to the End
  • Jonathan Safran Foer, autor, Here I Am, Extremely Loud & Incredibly Close
  • Roxane Gay, autor, Hunger, Bad Feminist
  • Chip Kidd, award-winning graphic designer
  • Valeria Luiselli, autor, Tell Me How it Ends, The Story of My Teeth
  • Alain Mabanckou, autor, Black Moses, Broken Glass
  • Aimee Mann, cantor e compositor, Mental Illness, Save Me
  • Joyce Carol Oates, autor, A Book of American Martyrs, We Were the Mulvaneys
  • Gary Shteyngart, autor, Little Failure: A Memoir, Super Sad True Love Story


“O projeto SET THE PAGE FREE é uma expressão criativa do valor que a Xerox vem criando desde a sua fundação – que começou ajudando as pessoas a trabalhar, se comunicar e colaborar, e hoje transcende livremente entre os mundos físico e digital”
, disse Jeff Jacobson, CEO da Xerox.

A Xerox e a 92nd Street Y uniram forças para este projeto único usando a tecnologia Xerox para auxiliar os colaboradores enquanto a 92Y se encarregou da escolha dos autores e providenciou a edição final do livro. A 92nd Street Y cria profundas conexões entre leitores e escritores em todo o mundo através de seus programas globais de divulgação de alfabetização, festivais digitais, seminários on-line e eventos de entretenimento.

“Que emocionante oportunidade foi reunir estes brilhantes escritores que deram graça ao nosso momento histórico para explorar questões atuais relacionadas ao trabalho e juntos criaram, neste processo, seu próprio conceito de local de trabalho moderno”, comenta Bernard Schwartz, diretor da 92nd Street Y no Unterberg Poetry Center.

Como parte ainda do projeto Set The Page Free, a Xerox está ajudando a produção literária global com donativos para a 92Y e a Worldreader, uma organização global sem fins lucrativos pela leitura digital em comunidades carentes.

“O conteúdo não precisa mais estar confinado em formatos ou limites. Estamos empenhados em aproveitar o poder da tecnologia para trazer informação e inspiração aos leitores de todo o mundo. Este projeto faz essa conexão e mostra como a tecnologia pode trazer novas e poderosas possibilidades para a vida”, disse David Risher, CEO da Worldreader.

O projeto Set the Page Free foi desenvolvido com a agência parceira da Xerox Y&R New York, com estratégia de mídia e execução da MEC Global.

“Nesta campanha capturamos a crença da Xerox de que a palavra escrita é cada vez mais significativa no mundo digital de hoje, que é a personificação da configuração de “Page Free”. O trabalho mostra os resultados surpreendentes que surgiram de uma profunda colaboração entre mentes criativas em literatura, marca e agência”, comenta Leslie Sims, chief creative officer da Y&R New York.